Home

Manual do Filhote

Criar um cão requer amor, muito empenho e também muita firmeza! A decisão de ter um cão deve ser bem estudada já que não é apenas uma questão de escolher um cão e sim, aprender a viver com ele.


Para isso, alguns cuidados devem serem tomados:

As orientações contidas aqui têm pôr objetivo auxiliar o novo proprietário no manejo diário e adequado do filhote. POR FAVOR, LEIA COM ATENÇÃO!
LEMBRE-SE:
Filhotes são seres vivos, frágeis, sentem dor, manifestam sentimentos, podem e devem ser educados, comportam-se de acordo com o tratamento que recebem das pessoas com quem convivem, necessitando de um ambiente adequado. Têm necessidades fisiológicas (defecam e urinam), assim como exalam odor característico da espécie.

Hoje é a primeira noite do filhote em seu novo lar, trate-o com carinho e paciência, assim você estará ajudando-o a superar o momento de afastamento de seus irmãos, mãe e pessoas com quem estava acostumado.
ALIMENTAÇÃO:
Alimente o filhote com ração de boa qualidade própria para a sua idade e indicada pelo CANIL. Evite trocas bruscas na alimentação, isto poderá ocasionar diarreia no filhote. Quando a troca for necessária, deverá ser feita gradativamente. Uma troca eficiente levará de 5 a 10 dias.

A melhor ração para o seu animal é aquela capaz de suprir suas necessidades diárias de nutrientes e, que não causem diarreia no filhote. Nem sempre as rações mais caras são as melhores para o seu filhote. Na eventual falta de ração, poderá ser oferecido arroz branco bem cozido com carne moída magra ou frango, cozidos sem gorduras ou condimentos. Verduras, frutas e legumes podem ser oferecidos esporadicamente.

EVITAR: frutas ácidas e gordurosas.
- Alimente o filhote três à quatro vezes ao dia, ou deixe ração à vontade.
- Ofereça água filtrada ao filhote.
-
NUNCA DÊ LEITE AO FILHOTE.
- Ossinhos comestíveis, biscoitos e outros petiscos só devem ser oferecidos após os seis meses de vida do filhote.
- Alerte as crianças a respeito de NÃO oferecer o que comem ao filhote.

VERMIFUGAÇÃO

(Remédio para matar vermes): É extremamente importante que seja feita à cada 21 dias, até que seja concluído todo o programa de vacinação. Uma vermifugação eficaz depende da relação peso do animal X dose X freqüência, que devem ser respeitados. Siga a orientação do veterinário.

PREVENÇÃO CONTRA A FILÁRIA

(Verme do coração): A transmissão se dá através da picada de um mosquito infectado, ao contrário do que dizem, o animal poderá ser infectado mesmo que não seja morador da área litorânea, pois existem cães e mosquitos contaminados pôr toda a parte. A prevenção é simples,feita MENSALMENTE DURANTE TODA À VIDA DO ANIMAL.Consulte o Veterinário para saber sobre os produtos disponíveis no mercado para a prevenção(endogard ou cardomec).

VACINAÇÃO

Para que o animal inicie o programa de vacinação e desenvolva imunidade satisfatória, é necessário que esteja livre de endo e parasitoses e que esteja saudável. Animais doentes não podem ser vacinados. O programa de imunização deverá ser feito junto ao Médico Veterinário. Não utilize vacinas de procedência duvidosa e mal conservadas. ”AS VEZES O BARATO SAI CARO ”.

PROGRAMA DE IMUNIZAÇÃO

Idade: Vacina:
_ 45 à 60 dias 1ª dose de ÓCTUPLA
_ até 90 dias 2ª dose de ÓCTUPLA
_ até 120 dias 3ª dose de ÓCTUPLA + ANTI– RÁBICA

OPCIONAL:

Imunização para a gripe: BRONCHI SHIELD III ( dose única anual) e PNEUMODOG ( duas doses para imunizar). Imunização para Giardíase: GIARDIAVAX (duas doses para imunizar).
“ TODOS OS CÃES DEVEM SER REVACINADOS ANUALMENTE,DURANTE TODA A VIDA”.

PASSEIOS;

Todos, provavelmente querem passear com o seu novo amigo, mas isto só será permitido 21 dias após a conclusão do programa de Imunização. Tenha paciência. Evite expor seu amiguinho à doenças. Preserve-o.

HIGIENE DO ANIMAL

HIGIENE DO ANIMAL; Recomenda-se que os banhos sejam dados a cada 15 dias no mínimo ou no máximo uma vez pôr semana, caso seja necessário. Banhos em excesso podem ocasionar dermatopatias. Proteger os ouvidos antes do banho com algodão embebido com óleo mineral. Usar água morna para o banho e produtos de higiene neutro (shampoo ou sabonete). Ao término do banho, remova a proteção dos ouvidos e proceda a higiene dos mesmos com CERUMINOLÍTICO (Epiotic). Evite perfumes de odor forte, podem intoxicar o animal.

Animais de pelos longos devem ser escovados com maior frequência, inicie a escovação precocemente para que o animal se acostume a essa prática. O corte de unhas deverá ser feito quando necessário e pôr pessoa capacitada. As raças que necessitam de

TOSA devem ser assistidas pôr profissionais competentes e habilitados, cuidado com curiosos. EVITE utilizar produtos parasiticidas nos banhos de rotina do animal, podem intoxicá-lo e levá-lo à morte. Busque sempre a orientação do Médico Veterinário.

IMPORTANTE

Banho em PET SHOPS somente estarão liberados após 21 dias da conclusão do programa de vacinação.

PULGAS , CARRAPATOS E PIOLHOS

Só faça uso de produtos parasiticidas seguindo a orientação de um Médico Veterinário. Estes produtos podem intoxicar o animal e levá-lo à morte.

RECOMENDAMOS;

Frontyline plus (pipeta) à cada 2 meses

HIGIENE DO AMBIENTE

Deverá ser feita diariamente com ÁGUA SANITÁRIA, DETERGENTE NEUTRO, ÁLCOOL OU DESINFETANTE PRÓPRIO PARA O USO EM AMBIENTES COM ANIMAIS. ( SANOL DOG , HERBAL VET OU AMONEX ). Consulte o seu veterinário antes de fazer a opção. NÃO USE: CREOLINA, VEJA, CÊRAS, DESINFETANTES À BASE DE PINHO E EUCALIPTO, REMOVEDORES DE USO DOMÉSTICO OU NÃO, EVITANDO TAMBÉM O CONTATO DO ANIMAL COM AS EMBALAGENS DESTES PRODUTOS.

CUIDADO COM O USO DE: TINTAS, VERNIZES, CIMENTO, VENENOS PARA MATAR: RATOS, BARATAS E MOSQUITOS, ASSIM COMO AS EMBALAGENS DOS MESMOS. TAIS PRODUTOS SE INALADOS OU INGERIDOS PODEM LEVAR O ANIMAL À MORTE.

IMPORTANTE: Não deixe objetos ou brinquedos de tamanho reduzido ao alcance do filhote, pois eles são curiosos e poderão ingeri-los, ocasionando problemas graves. NÃO permita que o animal tenha acesso à área da PISCINA, poderá ocorrer afogamento.

Cuidado com a ingestão de plantas, podem ocasionar intoxicações graves.

voltar ao início